Blog BIO ACS é vida.

GRUPO A CATEGORIA EM 1º LUGAR

Companheiros Participe do nosso Blog e Sejam Bem Vindos !

ACESSOS ONLINE

VISITAS ONLINE

Total de Acessos em Nosso Blog BIO ACS é Vida.

COMUNICAÇÃO

COMUNICAÇÃO

ASSOCIAÇÃO


PISO

PISO
REAJUSTE JÁ

domingo, 29 de novembro de 2015

NOSSO BLOG COM MUITO RESPEITO, CARINHO E CREDIBILIDADE CHEGA A MAIS DE UM MILHÃO E NOVECENTOS MIL ACESSOS.



Nosso Blog comemora mais de UM MILHÃO E NOVECENTOS MIL ACESSOS, Com a categoria em 1º lugar em todo Brasil !

Estamos agradecendo mais uma vez pela Confiança, Respeito, Carinho e Credibilidade por nosso Blog !

Obrigado Companheiros e companheiras de todo Brasil este Blog é único e exclusivamente nosso com nossa Categoria em 1º lugar !


OBRIGADO MEUS DEUS 
POR MAIS ESTA VITÓRIA NOSSA !!!

BIO ACS
A CATEGORIA EM 1º LUGAR

domingo, 22 de novembro de 2015

ASSASSINATO DE AGENTE DE SAÚDE CAUSA REVOLTA EM POPULARES E MUITA VIOLÊNCIA NO MUNICÍPIO



Em contato por telefone com moradores do município de Camamu-BA, eles disseram para a redação do UBAITABA URGENTE, que o clima continua tenso na cidade após a morte violenta de uma Agente Comunitária de Saúde. 

Após a morte da referida agente de saúde, populares revoltados mataram quatro jovens na tarde desta sexta feira (20/11). 

Os jovens que segundo informações estariam envolvidos com a morte da mulher, foram mortos com requintes de crueldade e tiveram seus corpos queimados. 

Entre os quatro mortos, está um menor de Ubaitaba, conhecido como Breno, 17 anos de idade, que é filho de Vaninha da Ruinha. Breno estava preso por ter praticado um homicídio recentemente em Camamu e foi morto quando saia da delegacia, Breno estava dentro de um carro quando foi arrancado do interior do veículo por um grupo de aproximadamente 30 pessoas. Breno foi morto por ter sido também acusado do estupro e morte da agente de saúde, Lecy Mendes Brito, ocorrida na última terça feira (17/11). 

O corpo do ubaitabense ainda não foi removido do local. A cidade está em pânico, já que mais dois envolvidos na morte da mulher estão sendo casados por populares. Familiares dos jovens mortos na tarde desta sexta prometeram vingança nas próximas horas. 

O policiamento na cidade já foi reforçado pela polícia Militar. Todos os carros que entram e saem da cidade estão sendo parados pela polícia. (Ubaitaba Urgente).



FONTE: UBAITAVA URGENTE


O QUE A PL-1628/2015 APROVADO PELA COMISSÃO ESPECIAL TRAZ DE BENEFÍCIOS PARA OS AGENTES DE SAÚDE DE TODO BRASIL.

Geraldo Resende comemora com agentes de saúde e demais membros da Comissão, conquistas para a categoria.


Diante de uma plateia cheia de agentes comunitários de saúde e de combate às endemias, a comissão especial que discute o Projeto de Lei (PL) 1.628/2015, aprovou essa semana proposta que garante novos direitos para esses profissionais. O acréscimo de insalubridade entre 20% e 40% e a inclusão das duas categorias no regime previdenciário de aposentadoria especial, com 15 ou 20 anos de trabalho em condições insalubres, foram um dos principais pontos aprovados pelos deputados. Desta forma, o PL altera a Lei 11.350/06, que dispõe sobre o exercício da profissão.
O deputado federal Geraldo Resende (PMDB-MS), membro da Comissão Especial, votou a favor do projeto. Ele lembra que atualmente o Brasil possui pouco mais de 300 mil agentes de saúde e endemias e, desses, 12 mil estão espalhados em 79 municípios do Mato Grosso do Sul. Segundo o parlamentar a aprovação representa uma grande conquista para esses profissionais. “Eles representam um exército da saúde, verdadeiros defensores das comunidades onde visitam. Eles caminham em lugares onde ninguém vai, batendo de porta em porta para cuidar de uma criança indefesa, para ajudar no combate a doenças crônicas como hipertensão, para prevenir as doenças dos idosos, além da coragem de subir em morros e favelas onde, muitas vezes, ficam expostos à violência”, disse o parlamentar.
O PL também assegura a prioridade em programas habitacionais do governo como o “Minha Casa, Minha Vida” e cursos qualificação profissional. “Os agentes de saúde e endemias cumprem um papel fundamental no Sistema Único de Saúde, especialmente, na organização das ações de atenção básica, pois representa o elo entre as demandas da comunidade e os serviços públicos de saúde. Por isso é mais do que justo que eles conquistem esses direitos como reconhecimento do parlamento e da sociedade”, destacou Geraldo Resende.
Adicional de insalubridade
O adicional de insalubridade era uma das principais reivindicações dos agentes comunitários. O acréscimo ficou definido entre 20% e 40%. De acordo com a nova proposta, a mudança trará mais segurança, uma vez que os riscos das categorias são altos, devido a relação próxima diária que eles tem com as pessoas doentes. “Esses profissionais estão em contato direto com indivíduos quem possuem a saúde fragilizada. Em alguns casos, os agentes colocam a própria integridade física e a saúde em risco para atender pessoas e comunidades inteiras debilitadas”, frisou Geraldo Resende.
O projeto tramita em caráter conclusivo — ou seja, não será necessário ser deliberado 

FONTE: JORNAL PRELIMINAR

quinta-feira, 19 de novembro de 2015

APROVADO NA COMISSÃO O PROJETO DE LEI PARA OS AGENTES DE SAÚDE


video

  • Local: Auditório Nereu Ramos
  • Data: 18/11/2015
  • Iní­cio: 22:43 /
  •  
  • Fim: 23:03 /
  •  
  • Duração: 00:19:36

  • Sessão: Comissão Especial destinada a proferir parecer 
  • ao Projeto de Lei nº 1628, de 2015, do Sr. André Moura, 
  • que "altera a Lei nº 11.350, de 5 de outubro de 2006, para regulamentar as atividades dos Agentes Comunitários de 
  • Saúde e Agentes de Combate às Endemias, suas condições 
  • de trabalho, e seus ... - Reunião Deliberativa


Comissão Especial destinada a proferir parecer ao Projeto de Lei nº 1628, de 2015, do Sr. André Moura, que "altera a Lei nº 11.350, de 5 de outubro de 2006, para regulamentar as atividades dos Agentes Comunitários de Saúde e Agentes de Combate às Endemias, suas condições de trabalho, e seus direitos previdenciários, oriundos da regulamentação da Emenda Constitucional 51/2006". ( PL162815 ) 14:00 Reunião Deliberativa Ordinária

  • Parecer às emendas apresentadas ao Substitutivo 
  • do Relator, Dep. Pedro Chaves (PMDB-GO), 
  • pela constitucionalidade, juridicidade e técnica 
  • legislativa; pela compatibilidade e adequação 
  • financeira e orçamentária; e, no mérito, pela 
  • aprovação deste, da Emenda 1/2015 apresentada 
  • ao Projeto e das Emendas ao Substitutivo 
  • 1/2015 e 2/2015, com Substitutivo. Inteiro teor


  • Aprovado por Unanimidade o Parecer.













segunda-feira, 16 de novembro de 2015

PROJETOS DE LEIS PARA OS AGENTES DE SAÚDE QUE ESTÃO PARA SER VOTADOS EM BRASÍLIA-DF.



Conheça na íntegra os Projetos de Leis que estão para serem votados em Brasília-DF, 
PL 1628/2015 e a PL 2507//2015


PL 1628/2015 Inteiro teor 




Projeto de Lei



PL 2507/15 - Atualização do valor do piso salarial profissional nacional dos Agentes de Saúde



EMENTA: Altera a Lei nº 11.350, de 5 de outubro de 2006, para estabelecer critérios de atualização do valor do piso salarial profissional nacional dos Agentes Comunitários de Saúde e dos Agentes de Combate às Endemia. PL 2507/15


PDF]PL 2507/15 - Câmara dos Deputados

www2.camara.leg.br/proposicoesWeb/prop_mostrarintegra;...PL...

recursos públicos e respectivas obrigações da União, dos Estados, dos Municípios e do. Distrito Federal (Pacto Federativo). PROJETO DE LEI Nº. , DE 2015.

terça-feira, 10 de novembro de 2015

CONACS FAZ CONVOCAÇÃO GERAL PARA TODOS OS AGENTES DE SAÚDE DO BRASIL.



CONACS – Confederação Nacional dos Agentes Comunitários de Saúde, por intermédio de sua Diretora Presidente no uso de suas prerrogativas estatutárias, e em conformidade com as deliberações Estatutárias da entidade, vem por meio deste CONVOCAR, todos os ACS e ACE do País a participarem da votação do PL 1628/15  e do PL 2507/15 nos dias 17, 18 e 19 de novembro na Câmara de Deputados Federais,  a partir das 9:00 h do dia 17/11.                              
                           
                            A presença e participação de todos os convocados será fundamental para a conquista dos nossos objetivos.


  Sem mais para o momento e certa de contar com a presença e participação de todos, envio votos de amizade e apreço.

  Brasília, 06 de Novembro de 2015.     


A União faz a força!
 Ruth Brilhante de Souza
                                         Presidente da CONACS   

quarta-feira, 4 de novembro de 2015

AGENTES DE SAÚDE VAI RECEBER QUASE R$: 1.000,000 (UM MILHÃO DE REAIS) DE 14º SALÁRIO, QUE JUSTIÇA MANDA PAGAR.



Os agentes comunitários de Saúde do município de Sousa-PB, estavam tendo perdas salariais em virtude do não pagamento do 14º salário por parte da administração municipal do prefeito André Gadelha Neto (PMDB).

De acordo com informações, os agentes de saúde cujo perfil está enquadrado no que estabelece a Portaria 314/2014, tem direito ao incentivo adicional, chamado de "14º Salário. O fato é que o Governo Federal repassa os recursos financeiros do SUS aos Estados e municípios todos os anos, mas muitos deles não transferem essa verba aos trabalhadores, é o caso que aconteceu em Sousa.

A reportagem do CONEXÃO-PB entrevistou na sexta-feira 30/10 o vereador Diógenes Ferreira (PC do B). O Parlamentar foi autor de uma audiência pública na Câmara Municipal de Vereadores de Sousa que debateu assuntos relacionados aos ACS de Sousa.

Para Ferreira, os agentes comunitários de saúde teriam que receber em seus contracheques um incentivo adicional, um termo de gratificação anual no valor de que é o mesmo do piso salarial anual que as prefeituras através da secretaria municipal de saúde recebem. "Trouxemos o tema para ser debatido na Câmara Municipal, nos jogaram um balde de água fria, mas não baixamos nossas cabeças", disse.

Após o tema ter sido alvo de debate, os agentes impetraram uma ação judicial e como tinham o direito obtiveram deferimento pelo juiz Renan do Vale da 4º Vara de Sousa-PB. O teor da ação determina que sejam pagos os vencimentos não prescritos que são 5 anos anteriores, deverão ser atualizados, em virtude dos meses retroativos que a prefeitura de Sousa-PB, terá que pagar quase R$ 1 milhão. 




FONTE: CONEXÃO NOTÍCIA-PB.